Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Precaridade, recibos verdes ...

Contando o meu episódio...mais um de muitos em Portugal...

Eu sou recem licenciada e enquanto estava a estudar pensava que ia ter um bom futuro, que tinha qualificaçoes e iria conseguir fazer isto e aquilo.
Quando sai da universidade e vi como estava a realidade apercebi-me que este país é uma porcaria. Os meus amigos todos estao a ir embora, porque no estrangeiro dao importancia a quem fala portugues, ingles, frances e a quem tem vontade de trabalhar, e alguns têm só o 12º ano. Aqui todos somos licenciados, agora até já começa a haver mestres (isto na altura dos nossos pais era uma raridade) e não há trabalho. No iefp dizem-nos que temos habilitaçoes a mais e que dao prioridade aos que só têm o 9º ano de modo a que todos tenhamos a mesma escolaridade (hilariante nao é?) e por isso nunca nos chamam, os poucos trabalhos que há exigem experiencia de largos anos e conhecimentos de tudo e mais alguma coisa, e quando queremos fazer um estágio de modo a adquirir a tal experiencia que nos pedem, ou nos deparamos com filas enormes de candidatos, ou com situaçoes do genero "nao pagamos nada mas queremos-te aqui a trabalhar horas a fio durante 6 meses". Quem paga isto? Os pais não é?
Para finalizar, tirei um curso que não é nem gestao nem comunicaçao (os mais badalados do momento) mas está no meio dos dois e por isso nunca encontro nada. Mais valia haver so um ou dois cursos...
Os unicos telefonemas que recebo (porque as outras empresas nem se dignam a responder) sao para fazer vendas!! Se eu quisesse vender nao precisava de estudar! Já para não falar que esses belos trabalhos são à comissáo, a recibo verde, e obviamente com horários!
Que porcaria de país e que bela imagem que dá aos jovens. Qualquer dia todos vamos embora, e depois quero ver como ´+e que os politicos se "alimentam".Se eu soubesse que isto ia ser assim tirava um curso profissional pois assim ja tinha a experiencia que agora toda a gente exige! Mas ninguem me informou, nem a mim nem à minha geração...
sinto-me: revoltada
publicado por pocas às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Precaridade, recibos verd...

. Precaridade

. Criação do mercado único ...

. Do Acto Único Europeu ao ...

. Migração no século XX

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds